28/04/2010

Culpa

Ela surge junto a um problema, levando em consideração que "problema" também é um conceito, ele é de alguém, o dono dele é responsável por ele, logo cabe ao dono solucionar [se tiver solução].
funciona mais ou menos assim
"ah um problema. ele tem de ser resolvido, eu coloco a culpa em outra pessoa, assim me livro da responsabilidade de resolve-lo"

Oscilando entre o reducionismo e holismo

Com tudo, a resolução de um problema, tanto quanto a culpa, também se divide, no campo vivencial das pessoas, logo o problema nunca será "100%" de uma unica pessoa, pois não afetara so a ela. "Aquilo que te afeta também faz parte de ti"
e cabe aos afetados resolverem o "problema todo" ou parte dele

27/04/2010

Violin History [2]

The Royal Sibelius of Tampere Academy, era o nome escola de musica clássica que eu estava matriculado.
Então o grande dia chegou, o primeiro dia de aula, sai cedo de casa para garantir que não chegaria atrasado, em minhas mãos havia so meu velho violino e um papel com endereço da escola, e o nome do professor.
no meio do caminho, tive que descer do ônibus pois a estrada estava interditada pelo acumulo de neve, como não tinha outro jeito, e eu ainda tinha tempo, comecei a caminhar em direção a escola, alguns metros se passado, avistei uma área que mais parecia uma floresta, continuei caminhando observando as arvores cobertas de neve, depois de alguns quilômetros ja conseguia avistar a escola, um grande portão dourado, com o emblema, arbustos por toda volta do muro, dentro um chafariz, com uma estátua apontando para a entrada da escola e um enorme jardim. Cheguei ao portão, o homem que cuidava me pediu a identidade, de cara pensei "Vou ter que mostrar todo dia minha identidade...", Então ele abriu o portão, entrei e fui em direção a porta principal, no meio do caminho um rapaz de longos cabelos escuro, com o uniforme da escola, na minha frente parou e perguntou:
= Voçê é o estudante novo? matriculado a pouco?
- Sim... Sou Dain, prazer em conhecer...
= Sou Godan, seu guia, vou lhe mostrar a escola, sua sala e seu quarto
- Quarto? como assim?
= A Royal Sibelius of Tampere Academy é uma escola interna.
- Serio?
= Sim....estou vendo que você não esta carregando nenhuma mala... você não recebeu um papel com as informações da escola?
- sim mas... *Então dei mais uma lida no papel e la estava, as informações sobre o quarto....*
= Agora esta tarde demais para voltar, passe a noite, então amanhã você poderá voltar para casa e pegar suas coisas, venha por aqui.

To be Continued [Parte 1]

21/04/2010

Dupla Personalidade

1: Eu gostaria de escrever sobre eu e minha dupla personalidade
2: É "sobre mim" bastardo
1: Aff, por isso que eu digo que no brasil se perde mais tempo cuidando dos erros de ortografia do que com os da idéia em si.
2: bla...bla...bla...papo de quem não sabe escrever...
1: Ta cala a boca...dexa eu pensar sobre qual parte de nos eu vou escrever...
2: Certeza que vai querer fazer isso?
1: Ué pq não?
2: Sei la, não acha que é meio vergonhoso...
1: La vem você com esses conceitos distorcidos...
2: Bom anyway.. depois não vem chorar... Alias pq não começa falando qm é o uK3 e qm é o S3m3? hehe....
1: rrr... isso não vem ao caso, não é sobre isso o post -.-'
2: bla..bla..bla.. fala então quem é que controla a situação por aqui?
1: Esse sou eu... xD
2: fucking lame...
1: xD
2: ...
1: Ta paray...Alias.. na guitarra por exemplo.
2: É uma boa.. Eu sou o solista.. vc é o base.... ^^
1: As coisas não são bem assim...
2: A ordem dos fatores não altera o resultado...
1: Pensando melhor...esse é um outro aspecto...poderia dizer que um é Socrates e outro é Platão..
2: Apesar de que não concordo com a idéia total de nenhum dos dois... de certa forma da pra se colocar assim...
1: Um é alcoólico e outro é viciado em coca...
2: Um tem crises de asma e o outro fuma... [as vezes]
1: Um é racional e o outro é emocional...
2: Um tem medo e o outro sente prazer em se arriscar
1: Um é realista o outro é sonhador.
2: Um é o Pet outro é o Owner
1: Um é o Master outro o Slave
2: Um é caça outro é o caçador
1: Um faz o jogo o outro joga o jogo.
2: Um Sangra o outro faz sangrar
1: Um corta o outro é cortado
2: Um dita as regras, outro Segue
1:2: Um sou eu, o outro é ele

20/04/2010

Capitalismo

A reclamação mais constante que eu ouço é:
Assim como esta, não pode ficar.
Então, eu vim pensando... como mudar?
Na historia ja temos relatos de varias tentativas, a clássica é a revolução russa.
Mas como todos sabem não adiantou.
Outra mudança que se tem noticia são as "reformas", não são mudanças de fato
apenas camuflam o real problema.
No livro sobre Gestalt que eu li a pouco tempo, uma dos tópicos era.
o Aqui-e-Agora
Ele falava resumidamente algo do tipo: "Temos que saber onde estamos, para so depois sabermos para onde queremos ir" [essa é uma das frases do livro]
pensando sobre isso, nos ja sabemos onde estamos, mas chegou em um ponto tão critico que o "para onde vamos" não importa tanto assim, mas sim a Mudança que é o mais importante, por mais que seja algo repentino, ele tem que ser feita. pois como diz o ditado "pior do que esta não fica"
pensando so na mudança podemos mudar o foco de pensamento, e ao invés de discutirmos qual o outro jeito, qual o jeito que funciona. mudamos para "mudar" e meio que esquecemos o "para onde mudar"
Como mudar um sistema.
tem dois jeitos. de dentro para fora, e de fora para dentro.
alguns dizem que quando você faz parte do sistema ele te corrompe.
outros dizem que o único jeito é a revolução mesmo, de fora para dentro.
pensando sobre isso, no nossa caso, acho que seria uma estratégia mais eficaz se fosse de dentro para fora. ficaria mais ou menos assim.
Quebra > Colapso > Mudança.

Começando com a quebra.
É um sistema frágil mas ao mesmo tempo forte.
frágil no sentido dele não ser estável, tem quedas, muitas falhas.
mas ao mesmo tempo, forte o suficiente para impedir que seja aposentado digamos assim.
das duas uma, ou ele se quebra. por sua fragilidade ou alguém o quebra usando dessa fragilidade.
Logo depois da quebra, ele entra em colapso sobre ele mesmo, mas não pode ser qualquer colapso, afinal sabemos que ja se passou por vários e nada aconteceu, este teria que ser diferente, um de tal magnitude que forçasse a mudança. E com isso caminharíamos rumo ao desconhecido.
Mas o mais importante aconteceria que é a mudança.

09/04/2010

Looking for a duo

Sei la, so para tornar as coisas mais interessantes...
Sem nada pra fazer.. alguém se habilita a escrever?
Looking for a duo, and the "same hertz"
se alguém se interessar, so me contatar... xD
pra agitar essa merda, monta uma equipe, ou algo assim...
sem compromisso.... eras isso....

Vicio

Deixe me olhar para você so mais uma vez.
deixe me esquecer de todo o resto.
tire toda esses responsabilidade dos meus ombros.
alivie minha dor, com mais dor.
mate minha saudade, ficando o mais longe possível.
quebre minhas pernas, me faça chorar esta noite.
me odeio, veja o sangue escorrendo pelos meus olhos.
rindo o mais alto possível,
me confunda, e me faça crer que eu sempre estive errado.
seja meu vicio.

It's hurt, it's so pretty.

#Fool

06/04/2010

Untitled

Let me hear your breath
the heart talk about feeling
Smile to me and give me your hand when i fall
make a bored face when i shout "i'm a Winner"

01/04/2010

Baka To

Continuação de Baka Test anunciado oficialmente (1 de abril?)

quarta, 31 de março de 2010

Hoje, logo após ter terminado o último episódio (13) de Baka to Test to Shoukanjuu, o site oficialdo anime anunciou que foi decidida a continuação da série, prometendo divulgar mais detalhes em breve. Porém... como no Japão já é primeiro de abril, o dia da mentira, ainda não se deve acreditar.

O anúncio da continuação foi realizado também no blog de Inoue Kenji, o autor do livro da série. Porém, lá, a informação ainda diz que a continuação será uma produção de Hollywood, o que está bem óbvio que é mentira... pelo menos a parte de Hollywood, pois o texto diferencia em cores essa parte específica.

Fonte:http://animeblade.com.br/

Mentira ou verdade? Quem sobreviver saberá...